Blog

Você sabe o que é mastite e como a laserterapia pode ajudar?

05/08/2021 publicado por: ahsako

Você sabe o que é Mastite?

A mastite é uma inflamação do tecido mamário que às vezes envolve uma infecção. A inflamação resulta em dor, inchaço, calor e vermelhidão nas mamas. Você também pode ter febre e calafrios.

A mastite afeta, sobretudo, mulheres que estão amamentando (mastite da lactação), trazendo uma sensação esgotamento, dificultando os cuidados com o seu bebê.

Às vezes, a mastite leva a mãe a desmamar o bebê antes do que ela pretendia. Mas continuar a amamentar, mesmo enquanto toma um antibiótico para tratar a mastite, é melhor para você e seu bebê.

Você sabia que a mastite pode ser tratada com a ajuda da laserterapia?
A técnica com do laser terapêutico de baixa intensidade pode desde aliviar os sintomas da mastite, quanto atuar de forma coadjuvante no tratamento da inflamação.

Sintomas da mastite

Os sinais e sintomas de mastite podem aparecer repentinamente. Eles podem incluir:

  • Sensibilidade nos seios ou calor ao toque
  • Inchaço mamário
  • Engrossamento do tecido mamário ou nódulo mamário
  • Dor ou sensação de queimação continuamente ou durante a amamentação
  • Vermelhidão da pele, geralmente em formato de cunha
  • Geralmente se sentindo mal
  • Febre de 101 F (38,3 C) ou maior

Quando ver um médico

Consulte o seu médico se tiver sintomas mamários que a preocupem.

#laserterapiazonalestesp #laserterapia #amamentacao #mastite

Causas

O leite que fica preso na mama é a principal causa da mastite. Outras causas incluem:

  • Um duto de leite bloqueado. Se um seio não esvaziar completamente durante as mamadas, um de seus dutos de leite pode ficar entupido. O bloqueio faz com que o leite volte, levando à infecção da mama.
  • Bactérias entrando em seu peito. As bactérias da superfície da pele e da boca do bebê podem entrar nos dutos de leite através de uma rachadura na pele do mamilo ou através de uma abertura no duto de leite. O leite estagnado em um seio que não é esvaziado fornece um terreno fértil para a bactéria.

Fatores de risco

Os fatores de risco para mastite incluem:

  • Ataque anterior de mastite durante a amamentação
  • Mamilos doloridos ou rachados – embora a mastite possa se desenvolver sem feridas na pele
  • Usar um sutiã apertado ou colocar pressão sobre o peito ao usar o cinto de segurança ou carregar uma bolsa pesada, o que pode restringir o fluxo de leite
  • Técnica de enfermagem inadequada
  • Ficar muito cansado ou estressado
  • Nutrição pobre
  • Fumar

Complicações

A mastite que não é tratada adequadamente ou que é causada por um duto bloqueado pode causar o desenvolvimento de pus (abcesso) na mama. Um abscesso geralmente requer drenagem cirúrgica.

Para evitar essa complicação, converse com seu médico assim que desenvolver sinais ou sintomas de mastite.

Prevenção da Mastite

Para começar da melhor maneira possível sua relação de amamentação com seu filho – e para evitar complicações como mastite – consulte um especialista em lactação. Um consultor de lactação pode lhe dar dicas e fornecer conselhos valiosos sobre as técnicas adequadas de amamentação.

Minimize suas chances de contrair mastite seguindo estas dicas:

  • Drene totalmente o leite de seus seios durante a amamentação.
  • Permita que seu bebê esvazie completamente uma mama antes de mudar para a outra durante a amamentação.
  • Mude a posição que você usa para amamentar de uma mamada para a próxima.
  • Certifique-se de que seu bebê pega adequadamente durante as mamadas.
  • Se você fuma, pergunte ao seu médico sobre como parar de fumar.

Dúvidas? Conta pra mim! Aproveite e me siga no Instagram para mais dicas! Para tanto, é só clicar no link abaixo:

Quer ter acesso às dicas sobre amamentação, laserterapia, consultoria em RN e sobre furos na orelha de bebês.

Tags: